Este site tem certas restrições de navegação. Recomendamos o uso de navegadores web como: Edge, Chrome, Safari ou Firefox.

🎁 Use o cupom 300FRETEGRATIS para ganhar frete grátis acima de R$300,00.

Betel: o journal de autoconhecimento

Hey, propositivos, como vocês estão? Hoje aqui no nosso blog #DePropósito, vamos iniciar uma série sobre a nova coleção de journals: os Journals Essenciais. Por aqui, estamos muito animados para te explicar direitinho qual o propósito de cada um deles e como poderão te ajudar a desenvolver hábitos na sua vida espiritual. Vamos acompanhar mais essa série juntos?

A coleção de journals leva o nome de essenciais pois foram pensados para áreas da vida que consideramos, de fato, essenciais: a nossa vida pessoal (journal de autoconhecimento: Betel), a nossa vida espiritual (journal de estudo bíblico: Canaã) e a nossa vida em comunidade (journal de pregações e culto: Bereia).

Embora sejam direcionados para uma área específica da vida, todos eles reconhecem, em seus fundamentos e pressupostos, que a nossa vida é integral e, por isso, toda ela deve ser vivida diante de Deus, sem as divisões que comumente podemos estabelecer entre vida pessoal versus vida espiritual.

E por ter esse enfoque claro, todos eles são apropriados para que você repense sua vida e seus hábitos pessoais, relacionais e comunitários a partir de um aspecto em particular.

Hoje vamos refletir sobre o primeiro volume dessa coleção, o journal de autoconhecimento: Betel

O propósito por trás do nome

Betel foi o lugar determinado por Deus a Jacó para que este ali habitasse e fizesse um altar a Ele. Ao determinar que Jacó vá para este lugar, Deus ordena que todos os deuses estranhos sejam removidos do meio da família e do povo que estava junto a Jacó, seguido da ordenança de que todos se purificassem e mudassem as vestes (Gênesis 35:1-2).

Esta ordenança de Deus a Jacó é o fundamento bíblico que inspirou todo o propósito do journal Betel. Isso porque, ao ordenar que o povo removesse “os deuses estranhos”, Jacó não mais admite que haja entre o povo falta de fidelidade ao Único Deus. Ou seja, não admite que o povo permanecesse dividido entre a adoração a Deus e aos deuses falsos.

Inspirado nessa atitude de Jacó, o journal de autoconhecimento Betel traz uma profunda reflexão e ferramenta de análise sobre nossas idolatrias, nossos amores mais profundos e nossa fé. Tudo isso com o fim de que não sejamos infiéis a Deus ou andemos com o coração dividido entre Deus e os deuses falsos que estabelecemos em nosso coração. Assim como Jacó ordenou ao povo, Deus ordena que sejamos fiéis a Ele, puros de coração. Isso significa viver toda a vida diante de Deus, submetendo cada aspecto da nossa existência ao senhorio de Cristo, sem dualismos.

A proposta do journal

Com base nisso, o journal nos faz refletir sobre cada área da nossa vida e avaliar se ela está sendo, de fato, inteiramente submetida a Deus e, como reflexo disso, em amor aos outros. Por meio do Betel, somos conduzidos a pensar com intencionalidade sobre: o conhecimento que temos de nós mesmos, as idolatrias que estabelecemos em nosso coração, nossos hábitos, nossos desejos mais profundos, nossos relacionamentos, nosso corpo, nosso trabalho, nossos recursos e nossa fé.

O objetivo é fazer com que sondemos profundamente o nosso coração, por meio dos princípios aplicados a cada área da vida, e ponderemos como o nosso relacionamento com Deus transforma quem somos, como nos relacionamos, como fazemos uso dos nossos recursos, como cumprimos a missão que Jesus nos deixou e como servimos aos outros.

Como a nossa vida é integral, ao final, somos levados a ver cada área da nossa vida integrada às demais, na teia do propósito. Por meio dela podemos avaliar objetivamente como temos vivido e quais medidas precisaremos tomar para nos aprofundarmos na nossa identificação com a pessoa de Cristo em tudo que somos e fazemos.

Como usar

O Betel é um journal que propõe que você faça um exame de si mesmo e da sua vida pelas lentes de Cristo. Para isso:

1. É preciso intencionalidade e compromisso. Assim, o primeiro ponto sobre o uso do Betel é ter um compromisso e frequência com relação ao uso, para conseguir, de fato, iniciá-lo e finalizá-lo, sem pular etapas e sem abandoná-lo no meio do caminho. Mesmo que refletir sobre algumas áreas seja mais difícil do que outras, a proposta é pensar toda a vida, em sua integralidade.

2. Para fazer um bom uso do Betel, é preciso também ser sincero e realista na análise e respostas, ainda que você possa reconhecer que sua condição atual é ruim e que pode ser muito melhor em determinadas áreas. Para progredir é necessário, antes, fazer um diagnóstico sincero de onde estamos. Para isso, vale contar com a ajuda de pessoas próximas a você para te ajudar a responder com honestidade as perguntas, principalmente aquelas que tem a ver com quem somos e nossas habilidades e fraquezas. O objetivo é que você conte com a ajuda de outras pessoas para ter um senso equilibrado de quem você é. 

3. E, por fim, uma excelente forma de usar o Betel, somadas às outras já descritas, é usá-lo em conjunto ao o seu Planner (ou qualquer outra ferramenta que você use para organização pessoal). Sim, mesmo sendo ferramentas diferentes, elas podem (e muito) se complementar. Ao descobrir mais sobre si mesmo e sobre cada uma das áreas da sua vida, você poderá ser mais realista sobre o que precisa estabelecer como meta em sua vida e traçar metas mais objetivas, alinhadas com aquilo que percebeu que precisa melhorar.

Bem, queridos, esse é um breve textinho sobre o nosso journal de autoconhecimento, o Betel, que, muito em breve será relançado pela Purpose Paper. Essa nova edição, conta com duas novas seções, com mais folhas de anotação e espaços livres para você ir documentando da forma que quiser suas descobertas sobre si mesmo e sobre aquilo que tem vivido com Deus e, ainda, com um novo design gráfico (tá lindo)!

Estamos cheios de expectativa para esse lançamento e você? Continue nos acompanhando por aqui para saber quando ele será lançado e já correr para garantir o seu. Até lá, vamos bem juntinhos nessa série sobre os journals essenciais, combinado? Até breve!

 

 

Deixe um comentário

Por favor esteja ciente que comentários devem ser aprovados antes de serem publicados